Olá,

Meu nome é Rodrigo Ghedin, sou jornalista e vivo em Curitiba (PR). Formei-me comunicólogo na Universidade Estadual de Maringá e em direito na Faculdade Maringá.

Você está no meu site/portfólio.

É tipo o LinkedIn, mas sem aquela parte esquisita do feed com textões desmotivacionais e lições de moral questionável.

Ainda estou em algumas redes sociais: Mastodon, LinkedIn e Twitter. Um dia, espero não estar mais.

Administro e edito o Manual do Usuário (RSS)

O Manual é um site independente de tecnologia. Nele, publico reportagens, artigos de opinião, vídeos, podcasts e notinhas. É um lugar legal na internet.

Um diferencial do Manual é o compromisso com a privacidade dos leitores. Ao contrário de outros sites, não coleto dados. O site também não tem coisas do Facebook, Google ou de adtechs. (Esta página também não coleta seus dados. Isso, pode respirar aliviado(a).)

O Manual tem parcerias de conteúdo com outras duas publicações, LABS News e Núcleo, que publicam alguns conteúdos com antecedência.

No passado, fui repórter no Gizmodo Brasil (2012–2013), colunista na Revista Oficial do Windows no Brasil (2010–2012) e no TechTudo (2012) e editor de economia na Gazeta do Povo (2017–2018). Em 2003, criei o WinAjuda, um site dedicado a produtos e serviços domésticos da Microsoft, que vendi à Editora Digerati em 2010. O WinAjuda, infelizmente, não sobreviveu à transição.

Alguns dos meus trabalhos mais legais:

Veja outros nesta página.

Mexo um pouco com HTML e CSS

Nada avançado, tudo bem basicão mesmo, como se estivéssemos em 2005, mas o suficiente para criar sites como este que você está lendo, mexer no tema para WordPress usado no Manual do Usuário e me aventurar com sistemas estáticos que exigem um commit no GitHub para publicar um texto (não pergunte), como o Jekyll, que uso no meu blog pessoal.

Trabalhe com o que você gosta e trabalharás 24h por dia

Quando não estou escrevendo a trabalho, escrevo por lazer (RSS). No blog, publico excertos que me inspiram (de filmes, livros e citações) e causos do meu dia a dia.

Também tenho uma newsletter, que envio vez ou outra, mas sempre domingo de manhã, e é útil para lembrar a amigos distantes, parentes e leitores menos assíduos que continuo vivo. Inscreva-se:

Como se nota pela estética dos meus sites, gosto de coisas simples e funcionais. Este site/portfólio é descaradamente inspirado no Better Motherfucking Website.

Também existo além do texto

Semanalmente, gravo um podcast. Sem regularidade, vídeos.

Vez ou outra alguém me chama para falar em outros podcasts e em eventos presenciais. Mantenho uma lista das minhas aparições públicas, presenciais e como fonte para outras publicações.

Para falar comigo, mande um e-mail.

E é isso.

Muito obrigado pela atenção!